Queda nas vendas da loja de móveis planejados: como reverter

Entenda a queda nas vendas da sua loja e saiba como reverter a situação

O melhor desempenho de um negócio depende de diversos fatores, sendo o número de vendas um dos principais deles. Mesmo que toda a confecção e a organização interna seja impecável, isso não é o que traz dinheiro para a empresa e possibilita sua manutenção. Sendo assim, caso você note que seu negócio está perdendo muitas vendas, é melhor tomar uma atitude rápida para reverter a situação.

A maioria das razões comumente utilizadas para explicar a queda nas vendas não são válidas. Elas não encontram lastro na realidade, pois tratam de racionalizações que tentam absolver vendedores e empreendedores de suas responsabilidades. Por mais que possam existir fatores externos em meio às causas, o mais comum é que elas ocorram devido a algum problema interno.

No entanto, reconhecer as verdadeiras causas que geram maus resultados é o primeiro passo para voltar a ter uma boa performance de vendas. E quanto mais rápido você identificar esses defeitos, melhor.

Neste post, mostraremos a você algumas razões pelas quais a sua loja de móveis pode estar com as vendas baixas e o que pode ser feito para reverter esse quadro. Confira.

Qualidade do produto vendido

Um dos fatores mais óbvios para a queda nas vendas é a má qualidade dos produtos. Se os clientes não querem ou não gostam sua mercadoria que você comercializa, muitas vendas deixarão de ser fechadas. E isso não é algo que vai mudar apenas esperando.

Para se proteger contra isso, é preciso realizar pesquisas de mercado contínuas. E, assim, descobrir quais produtos são mais valorizados por sua base de clientes. Além, é claro, de investir no controle de qualidade da sua empresa.

Você deve, também, analisar os dados ao longo do tempo para identificar quais produtos específicos apresentam maior oscilação, com picos e quedas sazonais nas vendas. Se um departamento ou produto vende mal, encontre o motivo e substitua-o imediatamente por aqueles que têm maior demanda.

queda-nas-vendas-1 Entenda a queda nas vendas da sua loja e saiba como reverter a situação

Técnicas de merchandising para evitar a queda nas vendas

Talvez o problema não seja os produtos que sua loja de móveis oferece, mas a forma pela qual você os apresenta. A identidade visual e os layouts dos produtos também podem afetar as vendas. E comprometer as metas do seu negócio. Você deve posicionar os produtos de alta demanda em locais de destaque na loja para incentivar os clientes a comprar, por exemplo.

Atualizar mostruários e exibir novos produtos ocasionalmente ajuda a atrair novos clientes com mais regularidade. Os atuais devem ser motivados a voltar e realizar novas compras. No entanto, não serão estimulados se tudo estiver igual toda vez que visitarem a sua loja.

Essa tática contribui para gerar a sensação de que sempre há algo novo e moderno em seu empreendimento, ou seja, eles vão sentir que vale a pena ser olhado de perto. Em muitos casos, isso é suficiente para converter mais um cliente.

Estratégias de precificação

Sua política de preços pode afetar negativamente o desempenho das vendas. Isso porque os clientes simplesmente não compram se você cobra, por um produto, mais do que ele vale. Se os seus preços são muito altos, como resultado de altos custos, é preciso negociar melhores taxas com os fornecedores. E otimizar suas despesas de produção.

Por outro lado, pode ser que a sua loja opere com preços muito baixos. Porém, se você investe pesadamente em produtos de qualidade e oferece atendimento especializado, seus preços devem refletir esse valor entregue ao cliente. Preços muitos baixos geralmente dão a impressão de que o produto não foi feito com o devido cuidado.

Se detectar em seu negócio um alto volume de vendas ao lado de uma baixa rentabilidade, então há espaço para aumentar os preços em sua loja de móveis.

Investimento em marketing

O objetivo das ações de marketing em empresas varejistas é fidelizar a base de clientes existentes. E atrair clientes novos ao longo do tempo. A falta de investimento em marketing dificulta enormemente o cumprimento desses objetivos. Pois deixa o seu negócio dependente do fluxo de transeuntes que passam diante de sua loja e do fato de eles terem ou não tempo naquele momento.

Ações de marketing voltadas à fidelização podem combinar promoções na loja com recompensas de longo prazo para interromper a queda nas vendas. Isso mantém os clientes envolvidos agora e também no futuro.

Uma consultoria especializada, por exemplo, pode contribuir para o desenvolvimento de uma estrutura de incentivos. E com isso aumentar os pontos de contato com clientes. Mantendo sua marca na mente dos consumidores.

Falta de monitoramento do desempenho

A chave para o sucesso de qualquer loja hoje em dia é acompanhar métricas de desempenho. Por mais que você se foque em outras áreas, como a confecção ou o atendimento, dificilmente terá bons resultados no médio e longo prazo sem monitorar os principais indicadores da sua empresa.

Uma boa forma de lidar com isso é investir em ferramentas de gestão que ajudem no monitoramento dessas métricas, principalmente no volume de vendas, quantidade de atendimentos e rentabilidade da loja. Tais informações serão muito importantes para quando você precisar tomar alguma decisão.

Pouca capacitação da equipe

Se você trabalhar com outras pessoas responsáveis pelo atendimento ao cliente e pelas vendas, então todos eles também precisam estar bem capacitados para receber o público e fechar negócios. Porém, não é incomum ver esses profissionais receberem alguém na loja com pouco ou nenhum preparo, o que causa uma séria queda nas vendas.

A melhor forma de evitar isso é investir em programas de treinamento e capacitação para sua equipe, seja internamente ou por meio de cursos terceirizados. Depois que seu time tiver os conhecimentos necessários para lidar melhor com o público, você verá como o número de vendas aumentará consideravelmente.

Não prestar atenção na concorrência

Mencionamos no começo que, sim, pode ser que haja algum fator externo diminuindo suas vendas. Porém, acompanhar o mercado, especialmente os concorrentes, e prever essas influências é parte do seu trabalho. Se outras lojas estão se adaptando às demandas do público, mas a sua não, então você logo terá alguns problemas.

Apesar de parecer algo difícil, você pode começar a monitorar seus concorrentes agora mesmo. Basta fazer pesquisas de mercado mais amplas, vendo quais tipos de promoções e ofertas outras lojas estão adotando. Isso dará vários insights para melhorar suas vendas.

Com essas informações, você já deve conseguir lidar com qualquer queda nas vendas em sua loja de móveis. Enquanto você continuar atento às mudanças no mercado e conseguir se adaptar, não será difícil manter o ritmo de crescimento da sua empresa.

Ainda precisa de um pouco mais de ajuda para alavancar sua rentabilidade? Então confira também nossas 7 dicas para vender mais!

CTA-guia-definitivo Entenda a queda nas vendas da sua loja e saiba como reverter a situação

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Fazemos parte do movimento #OpenWeStand

CONHEÇA!
X
vender-mais-em-uma-loja-de-moveis