O que é a Nota fiscal eletrônica? Entenda todas as facilidades desse documento!

A nota fiscal eletrônica é um documento importantíssimo para quem pretende estar em dia com as suas obrigações fiscais. Muitas pessoas ainda desconhecem esse documento e acabam tendo dúvidas sobre como emitir, o que consta nos campos e qual a sua importância. Tanto pela parte dos consumidores quanto dos empresários, é fundamental conhecer ainda mais esse processo.

Pensando nisso, elaboramos este artigo com todas as informações que você precisa saber sobre o que é nota fiscal eletrônica. Confira a leitura de todo o material a seguir!

O que é nota fiscal eletrônica?

É um documento obrigatório para todo comércio de venda de mercadorias ou prestação de serviços. Ele serve para documentar o recolhimento de impostos, que comprova o pagamento correto de todos os tributos devidos. Assim, a nota fiscal possibilita o correto cumprimento da legislação tributária.

Por muitos e muitos anos, o processo era feito por meio do preenchimento de notas em papel. Houveram mudanças tributárias que fizeram com que uma nova forma digital substituísse a maneira antiga de emitir.

Atualmente, os sistemas emissores trabalham com documentos no formato XML e DANFE. Para que sejam validadas e ganhem respaldo jurídico, as notas fiscais são preenchidas com uma assinatura digital (certificado digital), que é responsável por enviar os dados em tempo real para a Receita Federal.

Uma dúvida muito comum é sobre o valor mínimo para a emissão de notas fiscais. Esse ponto não é verdadeiro, já que, independentemente do valor, deve ser realizada a emissão. Afinal, o documento proporciona mais segurança nos processos e efetiva os direitos do consumidor.

Quais são as vantagens da NF-e?

Logo abaixo, listamos algumas das principais vantagens de trabalhar com a NF-e. Continue a leitura!

Facilidade e agilidade no registro de informações

Com a NF-e, fica muito mais prático registrar as informações e emitir o documento, já que tudo pode ser feito de forma online. Há também redução nos gastos com impressão e armazenamento de papéis. Tudo isso promove muito mais agilidade no processo.

Aumento da segurança

Segurança é o ponto chave para entender o porquê da atualização para esse novo modelo, por isso, a credibilidade e a transparência nas informações são garantidas pela conexão direta com os órgãos fiscais. O controle é mais efetivo pelo compartilhamento de informações com os servidores do Fisco.

Quais são os tipos de nota fiscal eletrônica?

Nota fiscal de serviço (NFS-e)

Esse tipo de nota fiscal (NFS-e), é emitida para o registro de operações de serviço. Nesse caso, o contribuinte repassa as informações das notas para a prefeitura do município, que está vinculado por meio do Recibo Provisório de Serviços (RPS).

NF-e Complementar

A NF-e Complementar é emitida para incluir valores e dados que não foram colocados no documento original. Ou seja, serve para ajustar uma diferença ou inconsistência.

A NF-e simplifica muito o trabalho de quem atua com a nota comum (de papel). Com ela, aumenta a praticidade, a segurança nas informações e o uso de softwares emissores facilitam a vida de quem precisa emitir NF-e.

Ao longo do texto, foi possível entender o que é nota fiscal eletrônica e as suas vantagens. Essa nova modalidade chegou para ficar!

Gostou do nosso conteúdo? Siga as nossas redes sociais para não perder nenhuma novidade: FacebookTwitterInstagram e YouTube.

7 fórmulas para engajar a equipe

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar